Medicina Veterinária

Coordenação: Profa. Dra. Dilayla K. De Abreu – CRMV-SP 20.758

flyer32
Informações
Downloads

Sobre o Curso

A medicina veterinária é uma graduação com diversas possibilidades de campos de atuação para o médico veterinário. A maioria das faculdades formam veterinários generalistas que atuam principalmente na área de pequenos e grandes animais. Todas as disciplinas para a formação do médico veterinário são oferecidas em nossa graduação, seguindo as exigências do MEC. Formamos profissionais capacitados a dar assistência clínica e cirúrgica a animais domésticos, além de atuar na preservação da saúde pública, por meio do controle de zoonoses, que são doenças transmitidas dos animais para o homem. Porém, a nossa faculdade conta com uma carga horária diferenciada para que o aluno estude com profundidade as disciplinas que o formarão, também, para o mercado de biotecnologia veterinária, preservação e cuidado de animais silvestres.

Nós, médicos veterinários, temos muitas responsabilidades. E a nossa faculdade se preocupa com a formação de médicos veterinários especializados em cuidar para preservar os animais e o ambiente em que eles vivem, seja através de ferramentas de preservação, seja através de técnicas de biotecnologia, expandindo o cuidado para todas as espécies de animais.

O Mercado de Trabalho

O exercício da profissão de Médico Veterinário obedece às disposições da Lei no 5.517/1968, que estabelece nos artigos 5º e 6º do Capítulo II – Do Exercício Profissional, conforme se segue. É da competência privativa do Médico Veterinário o exercício das seguintes atividades e funções a cargo da União, dos Estados, dos Municípios, dos Territórios Federais, entidades autárquicas, paraestatais e de economia mista e particulares:
    • a prática da clínica em todas as suas modalidades;
    • a direção dos hospitais para animais;
    • a assistência técnica e sanitária aos animais sob qualquer forma;
    • o planejamento e a execução da defesa sanitária animal;
    • a direção técnica sanitária dos estabelecimentos industriais e, sempre que possível, dos comerciais ou de finalidades recreativas, desportivas ou de proteção onde estejam, permanentemente, em exposição, em serviço ou para qualquer outro fim animais ou produtos de sua origem;
    • a inspeção e a fiscalização sob o ponto-de-vista sanitário, higiênico e tecnológico dos matadouros, frigoríficos, fábricas de conservas de carne e de pescado, fábricas de banha e gorduras em que se empregam produtos de origem animal, usinas e fábricas de lacticínios, entrepostos de carne, leite peixe, ovos, mel, cera e demais derivados da indústria pecuária e, de um modo geral, quando possível, de todos os produtos de origem animal nos locais de produção, manipulação, armazenagem e comercialização;
    • a peritagem sobre animais, identificação, defeitos, vícios, doenças, acidentes, e exames técnicos em questões judiciais;
    • as perícias, os exames e as pesquisas reveladores de fraudes ou operação dolosa nos animais inscritos nas competições desportivas ou nas exposições pecuárias;
    • o ensino, a direção, o controle e a orientação dos serviços de inseminação artificial;
    • a regência de cadeiras ou disciplinas especificamente médico-veterinárias, bem como a direção das respectivas seções e laboratórios;
    • a direção e a fiscalização do ensino da Medicina Veterinária, bem, como do ensino agrícola-médio, nos estabelecimentos em que a natureza dos trabalhos tenha por objetivo exclusivo a indústria animal;
    • a organização dos congressos, comissões, seminários e outros tipos de reuniões destinados ao estudo da Medicina Veterinária, bem como a assessoria técnica do Ministério das Relações Exteriores, no país e no estrangeiro, no que diz com os problemas relativos à produção e à indústria animal.
Constitui, ainda, competência do médico-veterinário o exercício de atividades ou funções públicas e particulares, relacionadas com:
    • as pesquisas, o planejamento, a direção técnica, o fomento, a orientação e a execução dos trabalhos de qualquer natureza relativos à produção animal e às indústrias derivadas, inclusive as de caça e pesca;
    • o estudo e a aplicação de medidas de saúde pública no tocante às doenças de animais transmissíveis ao homem;
    • a avaliação e peritagem relativas aos animais para fins administrativos de crédito e de seguro;
    • a padronização e a classificação dos produtos de origem animal;
    • a responsabilidade pelas fórmulas e preparação de rações para animais e a sua fiscalização;
    • a participação nos exames dos animais para efeito de inscrição nas Sociedades de Registros Genealógicos;
    • os exames periciais tecnológicos e sanitários dos subprodutos da indústria animal;
    • as pesquisas e trabalhos ligados à biologia geral, à zoologia, à zootecnia bem como à bromatologia animal em especial;
    • a defesa da fauna, especialmente o controle da exploração das espécies animais silvestres, bem como dos seus produtos;
    • os estudos e a organização de trabalhos sobre economia e estatística ligados à profissão;
    • a organização da educação rural relativa à pecuária.
Rolar para cima
Abrir WhatsApp
Precisa de Ajuda?
Faculdade Alvorada Saúde
Olá!
Podemos te ajudar?
Sinta-se à vontade para falar conosco.